Contato
Home >> Blog

Pug: Conheça o temperamento e curiosidades sobre a raça!

Pug

Que amante de pets resiste ao Pug? O cãozinho de pequeno porte, gordinho, com diversas gordurinhas por todo o corpo, cara amassada e rabinho enrolado.

Essa raça não atrai apenas por suas características físicas, mas também por seu ótimo comportamento. De modo a encantar crianças e adultos com sua personalidade carinhosa e sociável.

Apesar de tanta fofura, você deve saber que o Pug necessita de alguns cuidados especiais, já que se trata de uma raça braquicefálica. Se você não sabe o que é isso, então saiba tudo sobre esse pet lendo este artigo.

Especificações da raça Pug

Cães da raça pug Fonte: Meus animais
A raça Pug é conhecida principalmente devido à sua altura baixa e nível de charme. Encontrando-se na 10ª posição, no ranking de popularidade no Brasil. Suas características principais são:

  • Origem: China;
  • Família: companhia;
  • Pelagem: apesar de os mais comuns serem de pelagem preta ou fulvo prateado, há também apenas fulvo e abricot;
  • Altura: macho, 30 cm; fêmea, 25cm;
  • Peso: varia de 6 kg a 8 kg. Sendo uma raça propensa à obesidade;
  • Alimentação: é recomendado 200g de ração diária;
  • Expectativa de vida: em média, 13 anos.

Os cachorros são classificados em: cão de guarda, cão de caça, cão de competição e cão de companhia, de acordo com suas funções. Logo é compreensível o motivo do Pug ser definido como raça acompanhante, uma vez que sua competência é exclusivamente doméstica.

Sendo assim, o Pug deve ser amigável, brincalhão e criar um vínculo com seu tutor. Tornando os dias do seu dono menos maçantes e mais divertidos e únicos.

Independentemente dessa habilidade, caso você tenha um dog dessa raça, porém ele não se apresenta dessa forma, não deixe de gostar dele. Assim como pessoas, os animais também possuem sentimentos e personalidades diferentes.



Comportamento do pet

Pet brincando Fonte: Tudo sobre cachorros

Às pessoas que ainda não têm Pug, provavelmente conhecer seu comportamento é algo novo. Isso porque o que muitos conhecem é apenas seu nível de fofura, devido às suas características físicas.

No entanto, em sua maioria, até mesmo sua personalidade é rica em charminho. Pois são considerados:

  • Brincalhões, fiéis e sociáveis, sempre andando atrás do dono. Como forma de pedir atenção e carinho;
  • Obedientes, porém um pouco difíceis de adestrar, necessitando de repetições para aprender certos comandos. Estando em 57º lugar em inteligência, conforme o livro A Inteligência dos Cães, de Stanley Coren;
  • Tranquilos e de fácil adaptação. Não necessita de muito para sobreviver com seus novos donos, apenas amor e muito carinho;
  • Corajosos, de modo que são capazes de se defender de cães bravos e maiores.

Embora sejam tranquilos, isso pode depender. Visto que quando filhotes costumam ser agitados e talvez destruidores de objetos, contudo isso muda aos dois anos de vida.

Cuidados específicos da raça

Cachorro sendo examinado Fonte: Rádio ansiães

O Pug é um cachorro aceitável dentro de casa e apartamento, já que se trata de um pet tranquilo e pequenino. Mas pode ser um problema aos donos que não possuem muito tempo disponível para dar atenção e cuidar do animal.

Não apenas devido à personalidade carente, mas também à saúde complicada ocasionada por causa de seus olhos saltados, gordurinhas localizadas em todo corpo, obesidade e focinho curto.

A cara amassada e focinho achatado é o que dá a característica de cão braquicefálico. Algo que dificulta a respiração do pet, pois suas narinas são mais fechadas. Dependendo, por vezes, de cirurgia.

Além disso, essa condição tem por consequência os olhos esbugalhados, devido aos ossos nasais compactados. Isso pode originar ressecamento, conhecido por ceratoconjuntivite, ou mesmo úlcera de córnea.

Sendo assim, os donos de Pug devem:

  • Evitar banhos em excesso, já que a pelagem é curta acumulando pouca sujeira. Outro ponto é que a excessividade pode originar dermatites devido às dobrinhas do pet;
  • Alimentar de forma equilibrada e promover a prática de exercícios físicos, pois é uma raça propensa à obesidade. Algo que pode agravar a dificuldade respiratória e provocar problemas nas articulações, coluna e ossos;
  • Limpar os olhos do animal de estimação com soro fisiológico, sempre secando em seguida;
  • Deixar o animal sempre seco, porque o acúmulo de líquido nas dobrinhas pode ocasionar dermatites e outros problemas de pele.

Procure também não se assustar com os roncos, faz parte da raça devido ao focinho curto; mantenha o pet dentro de casa, pois pode sofrer com mudanças bruscas de temperatura; e sempre dê muito amor e carinho. Logo você receberá isso e muito mais em dobro.



Curiosidades sobre o Pug

Pug preto Fonte: Petlove.com

Entendemos já bastante sobre a raça, sua fofura e até mesmo que sua cauda enrolada é um dos charminhos desse bicho de estimação. Mas sabia que ainda há muito mais a descobrir?

História

Tendo sua origem na China, desde 700 a.C, a raça foi disseminada ao Japão e, em seguida, à Europa. De modo que alguns estiveram entre os nobres, obtiveram títulos e tiveram até mesmo seus próprios servos.

Entretanto não havia os Pugs modernos tão conhecidos, mas sim raças de focinho curto: Spaniel japonês, Lo-sze e pequinês. Essas raças apresentadas ao mundo pela primeira vez por holandeses.

No final do século XVI, iniciaram as negociações entre a China e os países europeus por esses cães que tiveram seus nomes variados, desde Mastiff Holandês a Willoughby e Morrison, de acordo com a pelagem.

Assim, o surgimento do atual Pug se deu na Inglaterra com o cruzamento de Willoughby (pelagem escura, corpo magro e pernas longas) e Morrison (pelagem mais clara, gordinho e pequeno).

Origem do nome Pug

Carlino, Doguilho, Mups e, enfim, Pug. Com diversos nomes, porém apenas um mais comum. Pug é um nome que possui uma origem ainda desconhecida, mas com várias teorias.

Sendo assim, uma delas diz que a nomeação Pug é advinda da Inglaterra, sendo a forma informal de se referir a cães pequenos. Outra teoria se trata do nome originado da palavra “pugnos” que, em latim, significa punho. Já que as dobrinhas do rosto do pet se assemelham a um punho humano.

Além disso, ainda há quem diga que o nome se deve em semelhança ao mico leão, famoso em 1700 e conhecido por pug, na época.

Popularidade

O maior reconhecimento do animal se deu a partir do filme MIB (Men in Black, traduzido como Homens de Preto), onde um alienígena se disfarça de Pug, o Frank.

Vantagens

Com certeza uma das grandes vantagens é o amor transmitido por esse pet e seu tamanho que permite que o carreguemos como um bebê. Mas, além disso, ele late pouco, te faz companhia, muda seu dia, se dá bem com todo mundo e são tranquilos e silenciosos.

 

Portanto, apesar de parecer trabalhoso, se você deseja ter um Pug, saiba que todos os seus cuidados serão retribuídos com muito carinho e, quem sabe, algumas lambidas.

S.O.S. CÃOpanheiros

É uma ONG criada em Dezembro/99, CNPJ: 07.661.890/0001-21, com o propósito de acolher cães de rua que estejam em estado crítico de saúde, extremamente debilitados ou em situação de risco.

SAIBA COMO NOS AJUDAR!

Inscreva-se como associado do S.O.S. Cãopanheiros ou pelo telefone (021) 99766-1180. Passe a receber as noticias e contribuir para a ONG, efetuando depósito mensal em uma de nossas contas.