Contato
Home >> Blog

Gestação de cachorro: Saiba como ser útil na hora do parto!

Cachorra grávida

Após o sexto de vida da cadela não castrada, há um certo período que ocorre de seis em seis meses que pode preocupar alguns donos: o cio. E, como todos sabem, essas três semanas podem originar a gestação de cachorro. Por vezes, desejada ou não.

 

Veja também Castração de cães: Conheça como funciona esse procedimento!

 

Caso sua cachorrinha engravide e essa não era uma opção considerada por si, não se desespere. Isso porque, ao final, você poderá se divertir e cuidar de diversos filhotinhos. Ou mesmo procurar outra opção.

No entanto, antes de pensar sobre qual escolha fazer, tenha em mente que durante a gestação de cachorro você deverá tomar medidas especiais. Todas as instruções e sugestões para isso você pode conferir neste artigo.

Como descobrir que a cachorra está grávida

Cachorra esperando filhotinhos Fonte: Maringá post

Por um lado, descobrir que a sua cadela está prenhe parece simples e fácil. Visto que é possível observar mudanças comportamentais e fisiológicas, como: alteração no apetite (podendo sentir mais ou menos fome), aumento dos mamilos e abdômen, mal-estar, desânimo e procura por um local onde possa manter os filhotes.

Apesar disso, a identificação dos sintomas não é o suficiente para a comprovação. Já que pode ocorrer a gravidez psicológica em cães.




Veja também Gravidez psicológica em cães: Informações sobre esse problema!

 

Sendo assim, deverão ser feitos exames e testes pelo médico veterinário. Alguns deles são:

  • Exame de ultrassom: após os 25 dias de gravidez, o veterinário é capaz de afirmar ou negar a gestação canina e informar quantos filhotes há na barriga da sua cadela;
  • Palpação: possível a partir de 35 dias de gestação, momento em que o profissional consegue sentir os filhotes, embora ainda sejam pequeninos;
  • Raio-x: extremamente eficaz, só pode ser realizado entre o 45º e 55º dias, mostrando os esqueletos dos filhotes.

Além disso, há o exame de gravidez. É semelhante ao dos humanos, porém só pode ser feito pelo médico veterinário, pois examina o sangue e não a urina.

 

+Veja também Cães filhotes: Principais cuidados com seu novo bichinho de estimação!

 

Quanto tempo dura a gestação de cachorro

O tempo de duração da gravidez é de 63 dias, em média, podendo variar de 58 a 68 dias. Se sua cachorra não parir nesse meio tempo, mantenha a calma.

Em algumas circunstâncias, o período é de 70 dias. Pois pode acontecer de o óvulo não estar fertilizado no dia do cruzamento do seu pet. Contudo a gravidez pode ocorrer num tempo de 7 dias após o cruzamento. Visto que o espermatozoide se mantém vivo no corpo da fêmea por uma semana.

Cuidados com a cadela na gestação

Cachorra grávida deitada Fonte: Petz

Posterior à descoberta da gestação de cachorro, o profissional fará um check-up em seu animal de estimação. De modo a verificar a saúde da sua cachorrinha e dos filhotes.

Em seguida é indicado que você marque algumas outras consultas de acompanhamento da gravidez. Isso funcionará como um tipo de pré-natal para que tudo ocorra bem durante o parto.

A partir de então há outros cuidados que você deverá ter com o seu pet e os pequeninos:

  • Aumente a quantidade de ração somente no segundo mês de gestação canina. Dê de tempo em tempo uma pequena quantidade, porém superior ao que fornecia anteriormente. Isso porque estará alimentando a mãe e os filhotes. Não é indicado aumentar a quantidade no primeiro mês, pois pode alterar o peso;
  • Alimente sua cadela com uma ração específica definida pelo médico veterinário. Por vezes, ela pode ser indicada para filhotes;
  • Diminua o ritmo das atividades físicas, mas as mantenha;
  • Ofereça um local confortável e não estresse seu pet. Dê o descanso e tempo que ela precisar;
  • Forneça muita água fresca, mantendo sua cachorra e os filhotes hidratados.

Uma dica muito importante também é manter a atenção e carinho à sua cadela. Pois assim como os filhotes precisam dos cuidados dela, ela precisa dos seus.



Como é a gestação de cachorro

Cadela grávida Fonte: Canal do pet

O período de gravidez é de dois meses, em média. Assim, durante esse pouco tempo, ocorre muita coisa na barriguinha da sua cadela e com os filhotes. Para acompanhamento da situação, muitos tutores buscam pelo calendário de gestação canina.

Da primeira à terceira semana, os espermatozoides fecundam o óvulo da fêmea e se alojam no útero. Logo os mamilos da fêmea crescem e a pele ao redor dos mamilos e da barriga se torna fina.

Na quarta semana os fetos já estão se desenvolvendo e você pode procurar o médico veterinário para exame. A partir da quinta, o dono deve aumentar a quantidade de alimento, já que a cadela terá mais fome.

A partir da sétima semana em diante, momento em que os filhotes têm seus ossos desenvolvidos, seu pet pode ter falta de apetite, sendo necessário fornecer ração macia e apetitosa.

Por fim, nas duas últimas semanas (oitava e nona), prepare um local para o parto e dê um banho na sua cachorra, para que o parto seja o mais higiênico possível.

Sinais de que está na hora do parto

Com a chegada da nona semana, você e seus familiares devem estar atentos ao seu bicho de estimação. Visto que o parto pode ocorrer a qualquer momento.

Para entender quando é a hora do parto, o principal sintoma é a queda da temperatura retal do seu pet. Porém, caso você não possa conferir, verifique se a vulva está dilatando e liberando um líquido claro. Isso é sinal de que a bolsa estourou.

Além disso, sua cadela pode apresentar irritabilidade e busca por um local confortável para realizar o parto.

Como ser útil no parto

Cachorra com filhotinhos Fonte: Jornal bom dia

O parto de filhotinhos caninos, normalmente ocorrem de forma natural, sendo definido por três fases: preparação do útero para expulsão dos filhotes, expulsão dos filhotes do corpo e rompimento da placenta. Sendo esta comida pela fêmea.

Embora todo esse processo seja realizado naturalmente, você pode ser um grande aliado, auxiliando:

  1. No preparo do ambiente para o parto. Ajeite um local confortável, com toalhas limpas;
  2. Observe e conte o número de filhotes nascidos. Verifique se é o mesmo número informado pelo profissional, pois pode ocorrer complicações e algum não ser expulso do corpo da fêmea;
  3. Caso a fêmea não coma a placenta, rompa você mesmo e tire o líquido do focinho dos filhotes;
  4. Esteja atento se toda placenta saiu do corpo da fêmea.

Dependendo da situação você deve procurar ajuda do médico veterinário. Essa varia de: dor e desconforto excessivo durante o parto, falta de algum filhote, intervalo maior que duas horas entre o nascimento de um pet a outro e diminuição da contração.

Para todas essas condições e outras mais incomuns, não deixe de procurar ajuda de um profissional. Pois a vida da sua cadela e dos filhotes podem estar em risco.

Cuidados imediatos com a cadela e os filhotes após o fim da gestação de cachorro

Cachorra amamentando - Gestação de cachorro Fonte: Cães mania

O fim da gestação de cachorro é o encerramento do parto. No entanto você não deve parar os cuidados por aí. Ainda há o pós-parto que se trata principalmente da higiene do ambiente. Isso porque será a área em que a mãe e os filhotes descansarão.

Limpe também a fêmea com toalha e água morna e os filhotes, se necessário, para evitar infecções causadas por micro-organismos. Além disso, verifique se os cãeszinhos estão amamentando, caso tenham dificuldade os coloque próximos das mamas da fêmea.

Por fim, saiba que os filhotes devem amamentar por 40 dias após o nascimento, até o crescimento dos primeiros dentinhos. Após isso acontecer, devem parar para que não machuque a mãe.

 

Nós do SOS Cãopanheiros desejamos a você e sua cadela um ótimo período de gestação canina. Caso tenha dúvidas, não deixe de consultar o veterinário. Somente assim sua cachorra e os filhotes poderão manter uma boa saúde.

S.O.S. CÃOpanheiros

É uma ONG criada em Dezembro/99, CNPJ: 07.661.890/0001-21, com o propósito de acolher cães de rua que estejam em estado crítico de saúde, extremamente debilitados ou em situação de risco.

SAIBA COMO NOS AJUDAR!

Inscreva-se como associado do S.O.S. Cãopanheiros ou pelo telefone (021) 99766-1180. Passe a receber as noticias e contribuir para a ONG, efetuando depósito mensal em uma de nossas contas.