Contato
Home >> Blog

Ração medicamentosa: Uma nova alternativa para cuidar do seu pet!

Ração medicamentosa para cachorro

Se você acha ruim tomar medicamentos contínuos, imagine como deve ser para nossos pets. Devido a isso, uma forma também sugerida, para o tratamento de doenças, é o consumo de ração medicamentosa.

Aos tutores que preferem não oferecer remédios contínuos ou mesmo procuram fornecer um alimento ideal aos seus animais de estimação doentes, essa é uma ótima opção. Visto que é uma ração voltada ao equilíbrio alimentar de cães e gatos.

Apesar de parecer uma solução milagrosa útil a todos, esteja atento às recomendações do seu médico veterinário. Pois a ingestão desse alimento só é indicada aos pets com alterações da saúde.

Portanto, antes de mais nada, confira este artigo e conheça mais informações sobre a ração medicamentosa.



O que é esse tipo de ração

Cachorro olhando para o pote de ração Fonte: Petz

A ração medicamentosa é um alimento especial voltado aos bichos de estimação com problemas de saúde. Como: alergias, doenças gastrointestinais, urinárias, entre outros.

Sendo assim, por meio desse consumo, o animal estará não apenas se alimentando, mas também se tratando e mantendo sua qualidade de vida e bem-estar. Algo pensado pelos fabricantes, com a produção de ração seca ou úmida com diferentes sabores. De modo a facilitar a alimentação do seu pet.

Além disso, em alguns casos pode ser sugerido esse tipo de ração para o melhor desenvolvimento do seu cão ou gato durante a fase filhote, adulta ou idoso. Já que há aquelas que possuem vitaminas e suplementos que dão energia e disposição.

Não se engane acreditando que esse tipo de consumo é essencial a todos os animais. Isso porque, embora pareça ser, você jamais deverá fornecer ao seu cão ou gato sem aconselhamento de médicos veterinários. Pois, na maioria das vezes, não são alimentos naturais, mas sim compostos por substâncias medicamentosas.

Logo, assim como qualquer outro remédio, pode causar efeitos colaterais quando utilizados de forma incorreta. Podendo ser prejudicial ao quadro do animal doente, ou mesmo, ao saudável.

Tipos de ração medicamentosa

Cachorro sentado perto do pote de ração Fonte: Petz

Os tipos de ração medicamentosa não variam apenas devido aos sabores e estados (seca ou úmida). Esse alimento é classificado de acordo com a sua função e componente.

  • Ração dermatológica: direcionada aos animais com sensibilidade à certas substâncias ou hipersensibilidade alimentar. A dermatológica pode ser feita de carneiro, coelho ou peru, sendo vantajoso ao pet alérgico à frango ou carne bovina. Além disso, possui medicamentos capazes de evitar a queda de pelos e coceiras na pele;
  • Ração renal: auxilia na redução da progressão de doenças que atingem os rins, proporcionando nutrientes e vitaminas fundamentais à saúde num nível essencial ao animal doente;
  • Ração hepática: funciona no tratamento de problemas no fígado, possuindo nutrientes capazes de combater radicais livres. Ou seja, moléculas que quando em excesso podem ser prejudiciais ao organismo;
  • Ração gástrica: ajuda na digestão e funcionamento do intestino, devido à quantidade de probióticos e fibras contida;
  • Ração urinária: por incrível que pareça, é capaz de quebrar as pedras nos rins, que trazem consigo a infecção urinária.

Além dessas, há outras rações sugeridas para diversas doenças que variam desde problemas ósseos à balanceamento alimentar para o tratamento e combate à obesidade.

Um grande problema, porém, é que muitos donos de animais têm deixado de comprar a ração medicamentosa devido seu valor ser mais elevado que a tradicional. Contudo não devemos esquecer que esse tipo de alimento traz consigo mais nutrientes e vitaminas essenciais ao organismo.



Benefícios dessa forma de alimentação

Dono oferecendo ração para o pet Fonte: Petz

O valor do produto é muito considerado quando fazemos uma compra, mas, da mesma forma, a sua qualidade é um fator importante. Nesse sentido, o quanto você prefere privar seu animal de um cuidado que poderia ser melhor e mais tranquilo que o uso de remédios?

Quando falamos de ração medicamentosa, entender os seus benefícios não é uma tarefa difícil quando analisadas as suas funções. Já que:

  • Trata doenças e mantem uma boa saúde e expectativa de vida ao seu pet, facilitando a ingestão de alimentos medicamentosos;
  • Possui uma diversidade de nutrientes e vitaminas em quantidade balanceada e ideal a cada animal e suas doenças;
  • É uma solução prática de dieta balanceada;
  • Há um baixo teor de gordura, quando comparada à ração tradicional;
  • Auxilia no desenvolvimento dos bichos de estimação.

Não apenas isso, mas também pode ser um grande aliado no tratamento à obesidade, diabetes e cardiopatia. Nos casos de obesidade, esse alimento ajuda na disposição e geração de energia do animal para a prática de atividades, além de possuir uma baixa quantia de calorias.

Assim, você não deve depender apenas da ração. Leve seu cão a passeios diários e pratique exercícios físicos.

Cuidados ao usar a ração medicamentosa

Cachorrinhos comendo ração Fonte: American line pet

Não se automedicar já é algo indicado a nós. Então aos animais de estimação deve ser levado muito a sério. Pois o uso de medicamentos de maneira incorreta pode acarretar em maiores problemas, ao invés do resultado esperado.

Logo a ração medicamentosa não deve ser utilizada sem prescrição e aconselhamento médico. Uma vez que pode conter substâncias nocivas ao seu pet ou mesmo não ter a quantidade necessária.

Um exemplo disso é a ração renal. Já que possui uma quantidade menor de nutrientes para que os rins não trabalhem tanto, o que seria o comum a um bicho de estimação saudável.

Além disso, esse alimento pode não ser bom para uso contínuo, mas sim temporário. Isso dependerá da recomendação médica veterinária. Portanto, da mesma forma que nós dependemos do médico para compreender e tratar nossas doenças, os pets necessitam do profissional para entender às deles.

 

Caso queira pôr a ração medicamentosa na rotina do seu animal, não deixe de perguntar ao profissional. Apenas ele será capaz de afirmar o que realmente o seu cão ou gato necessita.

S.O.S. CÃOpanheiros

É uma ONG criada em Dezembro/99, CNPJ: 07.661.890/0001-21, com o propósito de acolher cães de rua que estejam em estado crítico de saúde, extremamente debilitados ou em situação de risco.

SAIBA COMO NOS AJUDAR!

Inscreva-se como associado do S.O.S. Cãopanheiros ou pelo telefone (021) 99766-1180. Passe a receber as noticias e contribuir para a ONG, efetuando depósito mensal em uma de nossas contas.