Contato
Home >> Blog

Pinscher: Conheça as principais características da raça!

Fonte: Petlove

Para as pessoas que pensam que todos os cães pequenos são sinônimo de fofura, saiba que o Pinscher é uma grande exceção. Portanto lembre-se de que tamanho não é documento.

Apesar disso, essa raça é capaz de ser companheira, brincalhona e carinhosa. O temperamento forte desse pet se deve à sua desconfiança sobre estranhos, atenção redobrada e instinto protetor.

Sendo assim, a raça Pinscher tem muito mais a apresentar além da sua altura e temperamento. O dono desse cachorro deve conhecer os cuidados específicos, para que assim o pet seja tão dócil quanto protetor.

Tipos de Pinscher

Filhote de pinscher Fonte: Cachorro incríveis

Quando pensamos em Pinscher, logo vem em mente aquele cão de tamanho pequeno, orelhas pontudas e magro. No entanto esse é o que chamamos de Pinscher Miniatura ou Anão, pois além desse há outros mais.

Na realidade, Pinscher é um grupo composto por cães criados com o objetivo de caçar ratos, lutar ou proteger, de acordo com a Federação Cinológica Internacional. Dessa forma, há seis raças que englobam essa categoria:

  • Pinscher Alemão: originária da Alemanha, acredita-se que foi a primeira raça criada dentre os demais. Possui estatura média, orelhas caídas e coloração semelhante ao Rottweiler;
  • Doberman: também advinda da Alemanha, se assemelha ao Pinscher Miniatura, devido às suas orelhas pontudas e corpo magro. Contudo possui porte médio ou grande;
  • Pinscher Miniatura ou Anão: embora muitos o considerem descendente do Doberman, essa raça possui registros muito mais antigos;
  • Affenpinscher: mais parecido com um Terrier, esse cão é de porte pequeno e possui muitos pelos. Sendo difícil, até mesmo, ver seus olhinhos por trás deles;
  • Pinscher Austríaco: diferentemente das raças anteriores, esse não surgiu na Alemanha, mas sim na Áustria. Porém possui aparência similar ao Pinscher Alemão, tendo orelhas caídas e porte médio;
  • Cão fazendeiro da Dinamarca e Suécia: completamente distinto, aparenta ser uma mistura de vira-lata com beagle, devido à sua coloração. Entretanto diz-se que é originado do cruzamento entre Pinscher e Terrier Inglês branco.

 

+Veja também Rottweiler: A importância do adestramento para essa raça!

 

Não bastando isso, o Pinscher Miniatura ou Anão ainda é diferenciado, de forma não oficial, segundo seu tamanho.

Havendo o zero, um, dois e três, de modo que:

  • Pinscher 0: é o mais pequenino de toda a raça. Tendo em média apenas 2,5 quilos;
  • Pinscher 1: saiba que do zero ao um não há muita variação. Sendo separados apenas por 5 gramas. Logo esse possui 3 quilos;
  • Pinscher 2: variando um pouco a altura e o peso, o dois possui cerca de 4 quilos;
  • Pinscher 3: por fim, um pouco maior e pesadinho, temos o três com 5 quilos.

Principais características da raça

Cachorro miniatura Fonte: Adoro pets

Apesar de termos comentado sobre diversas raças, o Pinscher Miniatura é o mais conhecido por esse nome. Sendo assim, é dele que falaremos nesse artigo.

Mas, se você tem curiosidade sobre as demais raças citadas, ainda há a possibilidade de encontrar informações aqui no blog SOS Cãopanheiros.

Esse é um cão com olhos ovais, corpinho minúsculo e com uma variação no nome, podendo ser chamado de Min Pin.

Isso já não é motivo suficiente para querer segurar esse pet no colo e apertar muito, quer dizer, só motivo mesmo. Já que é recomendável não chegar perto desses cachorros, caso você não seja o dono.

  • Origem: Alemanha;
  • Grupo: dois, ou seja, cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e cães de montanha, e boieiros suíços, de acordo com a Federação Cinológica Internacional;
  • Pelagem: curta, lisa e densa, com coloração variável entre marrom avermelhado ou preto e castanho;
  • Altura: entre 25 a 32 centímetros;
  • Peso: como mencionado, varia de 2,5 a 5 quilos, dependendo do tipo;
  • Alimentação: busque o médico veterinário para comprar a ração ideal e oferecer a quantidade correta. Isso porque esse pet é muito enérgico, necessitando de uma refeição correta;
  • Expectativa de vida: em média, de 12 a 14 anos.

Além das suas condições físicas, algumas das características principais dessa raça são suas diversas personalidades.

Essas compreendidas por poucos.



Temperamento da raça Pinscher: Inteligência, obediência e socialização

Cachorro pequeno Fonte: Tudo sobre bichos

No livro A Inteligência dos Cães, de Stanley Coren, a raça Pinscher está localizada na 36ª posição, dentre 79 raças. Sendo assim, esse cachorro é extremamente inteligente, explicando sua facilidade durante o adestramento e sua atenção redobrada.

Obediência é uma de suas marcas, seguidas pelo seu jeitinho corajoso, protetor e amoroso, quando se trata de seu dono e sua família. Contudo pode não se dar muito bem com visitas e outros animais, já que é territorialista.

Além disso, a socialização com crianças pode dar certo, porém essa raça não tem paciência e a criança pode machucar o seu pet. Devido ao seu porte pequenino e sensível.

Se um dos seus medos é sobre essa personalidade forte, tire-a da sua lista, pois isso pode ser resolvido com um adestramento, desde que o filhote de Pinscher seja treinado corretamente. O Pinscher não é um anão mordedor perigoso e assassino, logo não desista desse cão. Conheça mais sobre ele.

Saúde e cuidados com esse pet

Cachorro Fonte: Clube para cachorros

A raça Pinscher possui uma boa saúde, tendo como uma das únicas maiores preocupações problemas nas articulações. Principalmente no quadril e no joelho. Além da propensão à obesidade, por causa de sua baixa estatura.

No entanto, não precisa temer, porque com bons cuidados, você será capaz de oferecer uma boa qualidade de vida e bem-estar a esse pet. Algo simples aos donos dessa raça, visto que pode viver dentro de casa ou mesmo de apartamento.

  • Antes de mais nada, sempre indicamos que você vacine, dê vermífugo e leve o seu pet às consultas com o profissional. Isso será capaz de prevenir e tratar qualquer doença;
  • Lembre-se de que esse cão é bastante enérgico e ativo, portanto, o Pinscher deve estar sempre em contato com o ar livre. Ou seja, um espaço aberto para brincar, correr e passear;
  • Adestre adequadamente, assim que possível para que seu pet não seja difícil de lidar;
  • É importante controlar bem as atividades físicas e alimentação do seu cachorro, evitando uma possível obesidade;
  • Esteja atento durante as temperaturas extremamente baixas ou altas, pois esse cachorro é sensível às mudanças. Então ponha roupinha, no frio, e forneça um local ventilado, no calor;
  • Dê banhos apenas uma ou duas vezes por mês, mais que isso pode ressecar a pele do animal.
    Seguindo essas dicas, qualquer dono de Pinscher se dará bem com esse bicho de estimação.

Curiosidades sobre o Pinscher

Cachorro pequeno na grama Fonte: Petlove

Acreditamos que o Pinscher tem mais para contar, como sua história e popularidades. Portanto não deixe de ler essas informações extras sobre a raça.

História

Não há uma origem específica definida, porém a Alemanha é considerada seu país de origem. Visto que, de acordo com estudos, é confirmado sua descendência vinda do Pinscher Alemão.

Apesar de hoje ser conhecido como cão de guarda ou mesmo companhia, anteriormente sua função era de caçador de ratos. Devido ao seu tamanho pequeno capaz de adentrar em locais apertados.

Em seu país de origem, é conhecido também por Zwergpinscher, traduzido como Anão Mordedor.

Popularidade

Sendo popular nos Estados Unidos e na Europa, essa raça não foge dos brasileiros, ficando na 12ª posição de preferência. Já tendo alcançado a 3ª.

O Pinscher é comum nas residências do Brasil e, provavelmente, pode estar na sua casa. Protegendo sua família e alegrando os seus dias.

 

Compartilhe esse artigo com seus parentes e amigos. Assim você conseguirá convencê-los do porquê você deseja essa raça.

S.O.S. CÃOpanheiros

É uma ONG criada em Dezembro/99, CNPJ: 07.661.890/0001-21, com o propósito de acolher cães de rua que estejam em estado crítico de saúde, extremamente debilitados ou em situação de risco.

SAIBA COMO NOS AJUDAR!

Inscreva-se como associado do S.O.S. Cãopanheiros ou pelo telefone (021) 99766-1180. Passe a receber as noticias e contribuir para a ONG, efetuando depósito mensal em uma de nossas contas.