Contato
Home >> Blog

Husky Siberiano: Veja 3 curiosidades dessa incrível raça!

Husky siberiano

Com uma cara de lobo intimidador, atento e enérgico, é incomum deparar-se com um Husky Siberiano no Brasil e comum vê-lo nos filmes em que há muita neve. Sendo então conhecido como cão de trenó.

Assim, da mesma forma que os cachorros da raça São Bernardo, são julgados por sua aparência. Quando na verdade por trás de todo jeitinho amedrontador, há um grande companheiro, dócil, sociável e gentil amigo.

Dessa forma, se você pensou no Husky Siberiano devido ao fato de parecer um bom cão de guarda, você está enganado. Então, conheça mais sobre a raça e entenda mais sua personalidade e algumas curiosidades.

 

+Veja também São Bernardo: Entenda como é o temperamento e inteligência da raça!

 

Condições físicas do Husky Siberiano

Cachorro deitado em folhas Fonte: Maria de souza

Para entender da dificuldade de encontrar um cão da raça Husky Siberiano, no Brasil, depende muito de aprender um pouco sobre sua história. Isso porque esse cachorro foi desenvolvido na Sibéria, a cerca de dois mil anos, com o intuito de puxar trenós em climas extremamente frios.

A dispersão da raça aconteceu durante a dominação do Alasca pela Rússia, quando os Huskies Siberianos passaram a migrar ao Alasca. Logo esses cachorros se tornaram populares em todo o mundo. Chegando até mesmo a competir na Grande Corrida do Alasca, percorrendo longas distâncias de cerca de 657 quilômetros.

Apesar disso, apenas em 1925, o Husky Siberiano foi reconhecido mundialmente, por ajudar a cidade de Nome, durante a epidemia de difteria. O cães da raça foram capazes de atravessar caminhos que demorariam 25 dias, em somente 6. Transportando suprimentos e medicamentos à população.

  • Origem: Rússia;
  • Grupo: 5 – cães de tipo Spitz e de tipo primitivo, de acordo com a Federação Cinológica Internacional;
  • Pelagem: dupla, de comprimento médio e macio. Podendo soltar muito pelo quando expostos à climas quentes. Além disso, independentemente de cada cor, é notado e reconhecido ao ser visto. Sendo as colorações mais comuns: branco puro e variações do branco com cinza, preto, marrom, avermelhado e entre outros;
  • Altura: variável de acordo com o gênero. Sendo assim, as fêmeas medem, em média, de 50 a 56cm. E, os machos, de 54 a 60cm;
  • Peso: as fêmeas podem pesar entre 16 e 23kg. Enquanto os machos, de 20 a 24kg;
  • Expectativa de vida: em média, vivem de 12 a 15 anos.

Embora o Husky Siberiano seja conhecido desde 1909, com a Grande Corrida do Alasca, a raça foi reconhecida oficialmente pela American Kennel Club apenas em 1930.



Personalidade: Socialização, convivência e inteligência

Cachorro na neve Fonte: Cachorro gato

Além de um cão trabalhador, o Husky Siberiano foi tido como um cão de companhia pela tribo Chukchi, vivendo em meios às pessoas, dentro das residência. Circunstância essa que explica o alto nível sociável com visitas, crianças e outros animais.

Porém não espere que somente o temperamento da raça o leve a aceitar estranhos. O adestramento e hábito devem ser realizados ainda na fase filhote do animal.

O treinamento será essencial, também, para a obediência e apontamento de quem é o dono da casa, pois, embora seja um cão que ocupa a 45ª posição de cachorro mais inteligente do mundo, ainda possui uma personalidade teimosa e orgulhosa.

Não bastando essas fortes características, assim como o Chow Chow, pode se mostrar um pet independente, porém brincalhão, como o Rottweiler. Contudo, não espere que os Huskys Siberianos busquem te agradar.

 

+Veja também Rottweiler: A importância do adestramento para essa raça!

 

Devido à sua personalidade enérgica, ativa e de caçador nato, necessita de grandes espaços para correr e brincar. Mas não esqueça de incluir grades altas, pois é comum esse cão ter um grande desejo de fugir

Se você realmente está convencido de ter um Husky Siberiano, então lembre-se de que terá que ser paciente, firme e seguro. Assim você será capaz de lidar bem com esse animal de estimação.

 

+Veja também Chow Chow: 5 características específicas da raça!

 

Saúde e cuidados específicos da raça

Filhote de husky siberiano Fonte: Animale pet shop

O Husky Siberiano é um cão saudável, enérgico e forte, entretanto isso não é o bastante para evitar todas as doenças. Sendo algo comum também em outros animais.

As enfermidades que acometem essa raça com maior frequência estão relacionadas à visão, articulação e pele. De modo que o pet pode apresentar catarata, glaucoma, problemas na retina e córnea, displasia de quadril (comum em cães de médio e grande porte, como o Pastor Alemão) e alergias.

Pode ser difícil identificar algumas dessas doenças, sendo assim sugerimos:

  • Vacinações, vermífugos e consultas com o médico veterinário em dia. Sendo fundamental à ida a uma clínica veterinária caso note alguma mudança no animal;
  • Escovar os pelos todos os dias, já que a pelagem do Husky Siberiano pode cair com frequência em climas quentes ou pelo menos duas vezes por semana;
  • Oferecer comida balanceada, sendo que essa raça come menos que outros cães;
  • Realizar 90 minutos de atividades físicas todos os dias. Pois assim você estará mantendo uma boa saúde mental e física do animal;
  • Dar banhos apenas uma vez ao mês, sempre lavando e secando corretamente para que assim evite problemas de pele.

Nem todas essas dicas serão capazes de evitar doenças. No entanto, assim, você estará proporcionando uma boa qualidade de vida e bem-estar ao Husky.

3 Curiosidades sobre o Husky Siberiano

Cachorros da raça husky siberiano Fonte: Gestor animal

Enfim, chegando ao tópico que você, leitor, esperava. Algumas curiosidades sobre o Husky Siberiano são sobre seus atos heroicos e outras características.

  1. Atos heroicos: após a conhecida Corrida do Soro de Nome, em 1925, foi inaugurada uma estátua em homenagem ao Husky Baldo, líder da matilha que auxiliou durante a epidemia de difteria. Contudo, não apenas isso, a raça é conhecida por ter trabalhado na busca e resgate de soldados americanos durante a Segunda Guerra Mundial;
  2. Função: compreendemos então que os Huskies Siberianos não são bons cães de guarda, porém há outra função: cães de caça. De modo que correm atrás de gatos e pássaros. Fato que nos obriga a incluir cercas altas, evitando fugas;
  3. Demais características: a raça é conhecida por não latir com frequência, mas sua carinha de lobo não engana ninguém. Sendo comum escutar um Husky Siberiano uivar. Além disso, outra característica interessante do animal é sua resistência. Visto que seu pelo o ajuda a suportar temperaturas de até 30º negativos e seu metabolismo é controlado de forma a não gastar suas reservas de gordura e sempre se manter ativos.

Se você deseja que o Husky chegue à exaustão, será difícil. Sendo assim, será uma boa influência para a realização de exercícios. Além de garantir uma boa amizade, companhia e diversão.

 

+Veja também Atividades físicas para cachorros: Informações sobre o assunto!

 

Caso você ainda esteja cismado no Husky Siberiano e sabe que poderá cuidar bem dele. Essa será uma ótima escolha. Logo compartilhe com seus amigos e parentes. Ou mesmo conheça outras raças descritas no blog SOS Cãopanheiros.

S.O.S. CÃOpanheiros

É uma ONG criada em Dezembro/99, CNPJ: 07.661.890/0001-21, com o propósito de acolher cães de rua que estejam em estado crítico de saúde, extremamente debilitados ou em situação de risco.

SAIBA COMO NOS AJUDAR!

Inscreva-se como associado do S.O.S. Cãopanheiros ou pelo telefone (021) 99766-1180. Passe a receber as noticias e contribuir para a ONG, efetuando depósito mensal em uma de nossas contas.