Contato
Home >> Blog

Castração de cães: Conheça como funciona esse procedimento!

Cão deitado

Quando o assunto é diminuir a exaltação ou comportamento intenso do seu pet, a castração de cães é um dos primeiros métodos pensados por muitos donos. No entanto ainda há quem é contra esse procedimento cirúrgico.

A castração não é uma cirurgia invasiva aos animais que tem como único objetivo a diminuição do entusiasmo e atração durante o cio. Isso porque, além desses fatores, favorece à saúde.

Como qualquer outra, essa operação depende de exames pré-operatórios e cuidados pós-operatórios. Portanto, se você pensa em castrar o seu bicho de estimação, é importante conhecer tudo sobre esse método, e seus devidos cuidados. Continue lendo este artigo e defina o que é melhor ao seu pet.



O que é castração

Cachorros deitados juntos - Castração Fonte: Portal melhores amigos

A castração de cachorro e gato é uma cirurgia, de 20 a 40 minutos, que consiste na retirada dos testículos da bolsa escrotal, do macho, ou dos ovários e útero, da fêmea. Esse procedimento cirúrgico é visado pelos donos quando seu animal de estimação entra no cio ou mesmo tem um temperamento difícil.

Dessa forma, por recomendação, o cão ou o gato é castrado antes da puberdade. Essa que acontece no período de 6 a 8 meses de vida do gato ou entre 7 e 10, do cão. Contudo, isso varia de acordo com o gênero e porte do animal. Visto que de acordo com esses fatores, o desenvolvimento corporal é diferente.

Embora seja possível prever quando seu pet entrará no cio, é necessário consultar um médico veterinário. Apenas o profissional será capaz de definir corretamente o período ideal para realizar o procedimento em cães e gatos.

Além disso, antes da operação serão precisos alguns cuidados e exames. De modo que será pedido:

  • Exames para análise corporal do animal, verificando se há infecções ou doenças que impeçam a cirurgia;
  • Não oferecer comida ao cão 12 horas antes do procedimento, e água 6 horas antes, pois pode causar ânsia e vômito;
  • Possível corte ou redução de algum medicamento contínuo;
  • Levar colar elizabetano, mais conhecido como cone pós-cirúrgico e um cobertor.

Caso não queira colocar o cone pós-cirúrgico em seu animal, você pode optar pelas roupas cirúrgicas. O essencial é evitar que seu pet tenha acesso à ferida.



Prós e contras da castração de cães

Cachorrinho macho - Castração Fonte: Melhor amigo

Castrar o seu cachorro é importante não apenas ao controle do humor e comportamento. Mas também por garantir: melhoria do bem-estar, aumento da expectativa de vida, controle populacional, interrupção da menstruação e prevenção da gravidez psicológica e outras doenças.

Doenças, como câncer de próstata, tumor de mama e problemas na bexiga, podem ser evitados com a castração. Isso porque há a retirada de órgãos que poderiam ser afetados. Além disso, esse método evita a gravidez psicológica canina que acontece devido às oscilações dos hormônios da fêmea que possibilitam o surgimento de indícios clínicos e comportamentais de gravidez.

Outra gravidez a ser prevenida é a real. Apesar dessa ideia parecer ruim, é importante o controle populacional, pois muitos filhotes são indesejados pelos donos e abandonados. De forma que há o aumento do aparecimento de animais de rua. Algo muito frequente, visto que cães e gatos fêmeas podem reproduzir até o resto de suas vidas.

A questão das vantagens da castração é conhecida por muitas pessoas. Por outro lado, suas desvantagens desconhecidas ou mesmo inexploradas pelos donos.

Logo, de maneira a evitar a escolha precoce apenas baseada nos benefícios, é fundamental conhecer os malefícios. Esses que variam desde propensão a dois cânceres (osteossarcoma e hemangiossarcoma), ganho de peso e complicações cirúrgicas.

Se isso te deixa assustado, não se preocupe. Os cuidados pré e pós-operatórios procuram diminuir ao máximo os riscos voltados ao seu animal. Siga os aconselhamentos médicos e esse procedimento se mostrará eficaz ao seu pet.

Cuidados pós-cirúrgicos

Cachorro sendo cuidado após cirurgia Fonte: Pet cidade

Como visto, ao mesmo passo que os cuidados pré-operatórios são primordiais ao procedimento, os após a cirurgia prometem garantir uma boa recuperação e qualidade de vida ao seu cão.

Sendo assim, após a castração, seu animal precisará de descanso, alimentação e carinho e atenção. Visto que principalmente algumas horas pós-procedimento ele estará cansado e desanimado, devido aos efeitos da anestesia e do soro. Dessa maneira, é sugerido:

  • Arrumar o cantinho do seu pet, mantendo confortável com algum cobertor ou manta;
  • Dispor água e comida;
  • Deixar seu animal de estimação descansando;
  • Colocar cone pós-cirúrgico;
  • Seguir as recomendações do médico veterinário.

De acordo com os aconselhamentos clínicos, será preciso medicar o seu cachorro para uma boa cicatrização e diminuição da dor. Além disso, você deverá limpar a ferida e trocar os curativos, 2 vezes ao dia.

Um mito muito escutado pelos donos que rejeitam a castração é que esse método engorda o bicho de estimação. No entanto a verdade é que talvez seu cachorro ganhe peso, pois sentirá mais fome. Logo dependerá de você oferecer uma alimentação balanceada e estimular a prática de atividades físicas e brincadeiras.

Para a prática de exercícios e brincadeiras, espere até o retorno ao hospital veterinário. Pois o profissional irá avaliar as condições do seu pet e, caso possível, retirará os pontos. Dando assim novas recomendações e permitindo que seu animal volte à ativa.

Riscos na castração de cães

Filhotes de cachorro Fonte: Opinião e notícia

A castração é realizada com o auxílio de anestesia geral e soro. Sendo um procedimento cirúrgico simples e rápido que tem sua demora devido ao tempo da anestesia.

Os riscos na castração existem, pois alguns animais respondem de forma diferente à anestesia e à cirurgia. Outras complicações são voltadas ao mito da obesidade e aos descuidos pré ou pós-operatórios. Além disso, pets mais velhos são propensos aos problemas cirúrgicos, pois seus metabolismos e sistemas são mais fracos e lentos. Contudo, devem ser feitos exames para saber como anda a saúde do pet antes de realizar o processo.

 

Após adquirir esses conhecimentos, qual a sua posição sobre a castração de cães? A nossa é a de que esse procedimento cirúrgico garantirá uma vida mais saudável e prolongada ao seu pet. Além disso, esse procedimento não é encontrado só nos grandes centros urbanos como Rio de Janeiro e São Paulo. Em cidades pequenas você também pode realizar a castração.

Se ainda tiver dúvidas, que tal procurar um médico veterinário? Bem-estar e cuidados devem ser prioridades ao seu cachorro.

S.O.S. CÃOpanheiros

É uma ONG criada em Dezembro/99, CNPJ: 07.661.890/0001-21, com o propósito de acolher cães de rua que estejam em estado crítico de saúde, extremamente debilitados ou em situação de risco.

SAIBA COMO NOS AJUDAR!

Inscreva-se como associado do S.O.S. Cãopanheiros ou pelo telefone (021) 99766-1180. Passe a receber as noticias e contribuir para a ONG, efetuando depósito mensal em uma de nossas contas.