Contato
Home >> Blog

Adolescência canina: Principais sinais da puberdade no pet!

Adolescência canina

Embora pareça estranho, até mesmo os pets entram na famosa fase da “aborrecência”. Essa mais conhecida por adolescência canina. Transição que poucos tutores percebem em seus companheiros de quatro patas.

Nesta fase, assim como nas pessoas, os cães passam por mudança de comportamento. Além das alterações fisiológicas, como trocas dentária, início da maturidade sexual e transformação corporal.

Sabemos que a adolescência canina é uma transição que qualquer dono gostaria de adiar. No entanto essa fase vem rapidamente, transformando nossos pequenos em adultos.

Sendo assim, é muito importante conhecer as manifestações da puberdade e como agir nesse período. Pois os bons cuidados garantirão um bom desenvolvimento e saúde ao seu bicho de estimação.



Sinais da adolescência canina

Cachorro brincando no gramado Fonte: Msn.com

Perceber que o seu cachorro está entrando na adolescência canina se torna fácil se levar em conta apenas a mudança corporal. Contudo, mais que isso, há sinais que nos mostram claramente que nosso filhote está deixando de ser apenas um bebê.

  • Jeitinho aventureiro: não bastando o fato de que os cães se tornam cada vez mais independentes. Durante a adolescência, os animais se tornam curiosos a ponto de querer se aventurar, explorando seus sentidos desenvolvidos. Sendo os principais: o olfato e a audição;
  • Dominância: aquela personalidade que faz com que os cachorrinhos se sintam destemidos e desobedientes. Isso porque querem mostrar quem que manda. De modo que se torna comum marcar território e subir em cima de outros cães. Não apenas como brincadeira, mas como forma de mostrar sua força;
  • Diminuição da velocidade de crescimento: representando o equilíbrio dos hormônios do animal;
  • Primeiro cio: iniciado quando as fêmeas começam a apresentar sangramento vaginal, semelhante à menstruação. E os machos passam a procurar fêmeas para o acasalamento;
  • Aumento da energia: observado principalmente pelas bagunças e jeitinho brincalhão do seu bicho de estimação.

Na realidade, a fase da adolescência canina é dividida em alguns períodos. Esses que podem ser resumidos como: pré-adolescência, independência, adolescência e maturidade sexual.

Apesar disso, em meio a cada fase, você perceberá alguns dos sintomas que te informarão sobre o momento ideal para o início do adestramento e socialização.

Até porque é fundamental se atentar ao ensinamento de comandos e obediência, antes mesmo da fase adulta. Visto que é a puberdade é o período ideal para a memorização e hábito do seu pet com outros animais. Evitando um comportamento agressivo, territorialista ou mesmo tímido.

Diferença da fase em machos e fêmeas

Cachorro adolescente Fonte: Pet fan

A puberdade não é uma fase diferente apenas em garotas e garotos, mas também de acordo com o gênero de cada pet. Algo explicado facilmente pela produção de hormônios distintos em ambos os casos.

Dessa forma, os cães apresentam entre si, variação do temperamento, comportamento e alteração do seu corpo.

Fatores que relacionam entre si. Sendo assim:

  • Nas fêmeas: há o começo do primeiro cio. Assim, a cadela pode se tornar territorialista, agressiva, temperamento e mal-humorada. Principalmente na presença de outras fêmeas. Apesar disso, é mantido o comportamento de fazer xixi sentada;
  • Nos machos: da mesma forma que as fêmeas, podem apresentar comportamento arredio, possessivo, agressivo e territorialista. Sendo frequente a marcação do território. Passando a levanta uma pata traseira, ao urinar.
    Independentemente do gênero, pode acontecer do seu animal de estimação lamber as partes íntimas ou mesmo montar nas pessoas ou em objetos, como almofadas e cobertas. Isso porque será uma forma de autoconhecimento e prazer.

Portanto, se você deseja evitar alguns desses sintomas, é essencial aprender os cuidados específicos à essa fase. Além disso, você estará treinando o seu bichinho a ser obediente, corajoso e sociável.

Como agir com o pet nessa transição

Pet no gramado - Adolescência canina Fonte: Portal melhores amigos



A partir do momento em que um tutor percebe o início da adolescência canina, o primeiro pensamento costuma ser relacionado à castração. Entretanto comece mantendo a calma. Pois, assim como às pessoas, essa é uma fase necessária ao seu pet.

  • Respeite as manifestações da transição canina. O primeiro passo será importante, já que nem você e nem o seu animal tem culpa sobre as mudanças de comportamento. Logo saiba respeitar esse período, pois, da mesma forma que está sendo algo novo a você, está sendo ao seu cão;
  • Comece um bom adestramento. Por vezes, você pode precisar do auxílio de um profissional. Porém inicie com o básico, como por exemplo mostrando ao cachorro onde faz xixi, ensinando comandos básicos e principalmente se colocando como líder. Caso contrário, o seu pet entenderá que pode fazer o que bem quiser;
  • Socialize o seu cachorro com outros pets e visitas. Sabendo que tanto fêmeas quanto machos podem se tornar territorialistas, habituar o seu animal a outros indivíduos será necessário para um bom convívio na fase adulta;
  • Gaste as energias do seu animal. Principalmente com brincadeiras e brinquedos próprios aos pets. Caso contrário, você e seus móveis serão alvos de diversas mordidas;
  • Habitue o seu pet com objetos, situações e ambientes diferentes. Isso porque, logo após a fase da adolescência canina, vem o período do medo. Sendo comum que seu bicho de estimação se assuste facilmente com pessoas, animais, objetos incomuns e barulhos estridentes.

Introduzindo o adestramento ainda na fase rebelde do seu amigo canino, você estará evitando futuras complicações. Visto que ensinar um pet adolescente é bem mais fácil do que um adulto, devido à sua personalidade.

Quando começa e termina a adolescência canina

Cachorros brincando - Adolescência canina Fonte: Educacionygestion.com

Se a adolescência canina nem ao menos começou, mas você já quer saber sobre seu término, não se preocupe. Pois, embora varie de acordo com o porte do animal, em média, inicia nos 6 meses de idade e termina nos 18 meses.

Há ainda pets que atingem a fase adulta apenas ao completar 2 anos de vida. No entanto, assim como você soube aproveitar a fase filhote, aprenda a curtir a aborrecência do seu animal. Já que essa não irá durar para sempre.

 

Sendo assim, se divirta, descubra mais sobre a adolescência canina e ensine ao seu cão que as mudanças vêm para o bem.

S.O.S. CÃOpanheiros

É uma ONG criada em Dezembro/99, CNPJ: 07.661.890/0001-21, com o propósito de acolher cães de rua que estejam em estado crítico de saúde, extremamente debilitados ou em situação de risco.

SAIBA COMO NOS AJUDAR!

Inscreva-se como associado do S.O.S. Cãopanheiros ou pelo telefone (021) 99766-1180. Passe a receber as noticias e contribuir para a ONG, efetuando depósito mensal em uma de nossas contas.